21.03.2014

Banished: o Sim City Medieval na sua melhor forma

Que tal um simulador de cidades medieval da forma mais crua e natural?

Essa é a ideia de Banished, uma produção de 3 anos, feita individualmente pelo Luke Hodorowicz, hoje com sua empresa Shining Rock Software (que ele ainda toca sozinho), onde foi responsável pelo design, desenvolvimento, arte e áudio do game todo. O game é um construtor de cidades, com gerenciamento de recursos, onde uma pequena população começa do zero em uma nova terra.

Desenvolvimento

Luke conta que nos primeiros 9 meses de produção, seu jogo era um RPG de ação em um mundo pós-apocalíptico com zumbis. Mas vendo que esta ideia já estava muito batida, ele resolveu dar um guinada no desenvolvimento e partiu para algo mais exclusivo e diferenciado. Com um conceito diferenciado de Sim City, Banished foca em pequenos grupos de pessoas, e não apenas nos números. Quanto mais pessoas fazem parte da comunidade mais os recursos ficam escassos, podendo gerar verdadeiros desastres.

Gameplay

Diversas profissões medievais estão presentes, como: Fazendeiro, Criador de Animais, Alfaiate, Clérigo e Mineradores. Isso permite uma incrível variedade de recursos como diversos tipos de sementes que podem ser compradas de outras localidades através do porto, animais e materiais disponíveis.

banished-shining-rock-software-fishing

s06

Um dos pontos mais interessantes do jogo é a dificuldade que assombra a cidade com diversos tipos de desastres. Indo desde doenças na população, como pestes nas fazendas e desastres naturais como furacões; essa interação permite criar um jogo desafiador e cheio de reviravoltas.

Os mapas de Banished são grandes, e baseados em dois terrenos básicos: campos e montanhas geladas. E podemos diferenciar cada habitante por seu nome, idade e profissão. Conforme crescem, os habitantes desenvolvem toda sua vida com casamentos, filhos, até sua morte.

A1-1024x576

As estações também estão presentes, e o calendário é contado por elas e por anos. O inverno tem a particularidade de não permitir plantações nessa época, por isso é importante a criação de outras fontes de alimentos.

Conclusão

Banished permite um resultado único no desenvolvimento de não apenas cidades, mas da vida de seus habitantes. Ao utilizar desastres aleatórios, o game se torna desafiador e não cai na monotonia. Em termos de jogos de simulação e estratégia, este com certeza é uma das maiores promessas do ano.

  • Por Bibi De Carli

    Designer Gráfica e Digital, trabalhou como Diretora de Arte e Produtora Gráfica em agências de Publicidade. Pós-Graduada em Marketing Online e Mídias Sociais, hoje trabalha como Freelancer e decidiu criar um blog para juntar seus interesses por design e inspiração em um só lugar. :)